Videoteca Digital

Acesse agora videoaulas, conferências e entrevistas com importantes nomes da Odontologia.

Fluxo de trabalho digital aplicado à realidade de uma clínica de Implantodontia

O que é “fluxo de trabalho digital” aplicado à Odontologia? A apresentação de Sergio Bernardes traz breve introdução e estado da arte, debate quais recursos o profissional pode usufruir nesta forma de trabalho, de maneira realista, desde a cirurgia com implantes e enxertos até soluções protéticas. Detalha ainda o que é uma base de titânio e como podemos usar esse “novo” componente protético no fluxo de trabalho digital e analógico em próteses cimentadas e parafusadas, as vantagens, desvantagens, indicações e limitações da técnica. Por fim, Sergio Bernardes ainda apresenta casos clínicos, novas tendências e técnicas.

Sergio Bernardes

Sergio Bernardes

MSc, PhD; Head of Global Research and Education Neodent; Professor do Ilapeo, Curitiba; Especialista em Implantodontia pelo CFO e em Prótese Dentária pela APCD, Bauru; Mestre em Reabilitação Oral pela UFU; Doutor em Reabilitação Oral pela Forp/USP, com colaboração na Eastman Dental Institute, Londres; Membro do conselho editorial do International Journal of Oral & Maxillofacial Implants (IJOMI).

Fluxo de trabalho digital aplicado à realidade de uma clínica de Implantodontia

1

O que é “fluxo de trabalho digital” aplicado à Odontologia? A apresentação de Sergio Bernardes traz breve introdução e estado da arte, debate quais recursos o profissional pode usufruir nesta forma de trabalho, de maneira realista, desde a cirurgia com implantes e enxertos até soluções protéticas. Detalha ainda o que é uma base de titânio e como podemos usar esse “novo” componente protético no fluxo de trabalho digital e analógico em próteses cimentadas e parafusadas, as vantagens, desvantagens, indicações e limitações da técnica. Por fim, Sergio Bernardes ainda apresenta casos clínicos, novas tendências e técnicas.